terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Oração do mensalão



Quero, nesta postagem, deixar bem claro quem como evangélico, e acredito que todos os evangélicos que primam pela justiça, não compactuam com as atitudes desses representantes políticos.

Especialmente neste momento que nossa Pátria atravessa, com denúncias que nos causam nojo sobre corrupção. Quero deixar bem claro que sou apartidário. Como cristãos,somos chamados para proclamar a mensagem da Bíblia e é essa a minha intenção.

A Bíblia diz que o silêncio avaliza (livro de Números 30:14). E quem cala consente, diz o senso comum de homens e mulheres desde sempre. Por isso, como membro da igreja de Cristo, quero deixar registrado neste Blog às autoridades em todos os níveis da República do Brasil, que:

01. A Bíblia é a nossa regra absoluta de fé e prática. A Bíblia é a referência definida e definitiva pela qual julgamos nossos pensamentos e ações e toda a nossa conduta pessoal e coletiva, privada e pública. Reafirmamos, portanto, a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer programas político-partidários e ideologias e deploramos os escândalos políticos que estão destruindo a credibilidade dos partidos e afastaram, ainda mais, a classe política da sociedade. A crise é gravíssima. Convém a todos ouvir o que Deus diz na Bíblia.

02. A Bíblia diz que as autoridades constituídas devem ser respeitadas e apoiadas. E que o cristão deve orar pelas autoridades para seu próprio bem (I Carta de Paulo a Timóteo 2:1-4). Pelo que declaro que esta postagem, por mais veemente e enfática, se pauta pela honesta consideração dos fatos e pelo respeito às pessoas das autoridades eleitas livremente, nas presentes condições de normalidade democrática, pela qual sou grato à Deus e a todos que lutaram pela liberdade de fé religiosa e de concepção política, e sua livre expressão, neste país.

03. A Bíblia diz que as autoridades são agentes de Deus para o bem (Carta aos Romanos 13:4). Portanto, o Estado não é absoluto, pois está sujeito a Deus; e o governo não é infalível, pois não é Deus; e as autoridades, não sendo infalíveis, são incontestáveis apenas quando obedecem ao desígnio de Deus, quando promovem verdadeiramente o bem das pessoas e a decência nas instituições.

04. A Bíblia diz que Deus abomina a injustiça, a violência e o crime (livro dos Salmos 11: 5-6);

05. A Bíblia diz que os pobres precisam de cuidados especiais nas suas necessidades (Deuteronômio 24:14-15; Salmo 41:1; Provérbios 14:31 e Gálatas 2:10);

06. A Bíblia diz que a proteção dos pobres é um imperativo da justiça (Provérbios 29:7 e livro do profeta Amós 5:11-12);

07. A Bíblia diz que os pobres têm responsabilidades diante de Deus assim como os ricos (Êxodo 23: 1-3 e 30: 15 e também Levítico 19: 15). Por isso, não pleiteamos paternalismo, mas justiça;

08. A Bíblia diz que a justiça em relação aos pobres dá estabilidade ao governo (Provérbios 29:14);

09. A Bíblia diz que o descuido para com os pobres em meio à abundância foi um dos pecados que precipitou a destruição de Sodoma (livro do profeta Ezequiel 16:49);

10. A Bíblia diz que as contas públicas e privadas têm de ser corretas e honestas. Não há nem fundamento legal. Deus abomina o suborno (Êxodo 23:8; Deuteronômio 16:19 e 25:15-16; Provérbios 17:23 e livro do profeta Isaías 5:22-23);

11. A Bíblia diz que o SENHOR considera indesculpável a negligência da justiça, da bondade e da verdade e retribui com juízo o enriquecimento ilícito (livro do profeta Miquéias 6:8-15);

12. A Bíblia diz que Deus é o governador supremo do mundo. Por isso todo governante é responsável diante dEle. Isso foi declarado pelos profetas do Antigo Testamento e manifesto na história das nações da época. O profeta Daniel, que não viveu numa democracia, mas era um servidor público, se destacou pelo seu caráter, na corte do rei Nabucodonosor (livro do profeta DanieI4:27). José, como Daniel, viveu uma vida exemplar e demonstrou capacidade de administrar devido a sua dependência de Deus.

Eles obedeciam a Deus, não obstante o custo. Nada de justificativas imorais tais como "todo mundo faz", ou "neste país sempre se fez política assim". Não tentaram obter nem preservar posição às expensas da honra ou em detrimento do bem comum. A integridade foi o que os distinguiu e os tornou bênçãos nas nações onde exerceram funções publica.

13. A Bíblia diz que temos cidadania terrestre e celeste (Atos dos Apóstolos 16:37 e Carta aos filipenses 3:20), por isso os cristãos têm o direito e o dever de considerar que o exercício de nossa dupla cidadania nos faz responsáveis pela vida na Terra e pela esperança do céu;

14. A Bíblia diz que, como cidadãos, devemos apoiar a lei e a ordem (livro do profeta Jeremias 22:3), portanto, quero:

DECLARAR que a minha expectativa como cristão, se fundamenta na soberania de Deus, não na bondade do homem. A Bíblia ensina que a graça comum permeia toda a sociedade, portanto, embora mesmo que o governo e a classe política não tenham ética cristã, ainda assim, as condições objetivas podem ser transformadas, os políticos de caráter duvidoso podem ser inibidos, restringidos e até banidos da vida pública em prol da moralização. Deus é contra o que oprime e extorque (Salmo 35: 10). O rosto do SENHOR está contra os que praticam o mal, para Ihes extirpar da Terra a memória (Salmo 34:16);

ALERTAR que Deus destruiu Sodoma e Gomorra por causa de sua impiedade, violência e imoralidade (Gênesis, capítulo 19). O presidente, seus ministros, deputados e senadores, autoridades nacionais, regionais, locais não escaparão impunes se não promoverem a paz e a justiça. A Bíblia diz: "Não vos enganeis: Deus não se deixa escarnecer, aquilo que o homem semear, isso mesmo colherá" (Carta aos Gálatas 6:7) e "horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo" (Hebreus 10:31).

Termino esta postagem dizendo que, nossa obediência às autoridades não é servil. Deve ser positiva e crítica. Diz João Calvino que a igreja deve ser a consciência do Estado, alertando-o sempre de seu papel. A poder das autoridades possui balizas e limites. O Estado não pode ser absolutista, divinizado, encabrestando as consciências e violentando e determinando o foro íntimo das pessoas.

Abraços fraternais

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Infância violentada




Em Junho deste ano, foi publicado a seguinte matéria:
"Criança negra tem desvantagem na escola, revela estudo" - Conclusão se deu após análise do comportamento de futuros professores em relação à etnia dos alunos

Faço minhas as palavras da Profª Dalila, mediante esta análise:

“Velado ou declarado o preconceito impede a criança de criar as suas próprias estratégias de defesa e consequentemente mina sua identidade. A rejeição leva a uma sensibilidade emocional que as impede de se concentrar nas suas atividades, e isso pode ter repercussão no seu desempenho escolar”, diz a professora Dalila.

Podem me chamar de radical, mas acredito que o futuro promissor de nossas crianças negras dentro da educação, só será possível dentro de uma estrutura 100% negra. Pois senti na pele esse racismo na minha infância, no bairro onde morava, na escola, nos supermercados, etc. Penso que a solução contra esse racismo velado, que se esconde por trás do mito da democracia racial, só terá fim com uma escola com diretores, coordenadores, psicólogos e professores negros. Mestres que ensinem a verdade que a história não contou. Um espaço onde resgate a autoestima e a identidade da criança negra, junto à sua família.

Quando nossas crianças enxergarem professores com cabelos e penteados afros, traços iguais ao dela, ela aprenderá que a beleza natural, não é esticar o cabelo, e sim, ser simplesmente uma criança negra. Sei que essa afirmação pode soar como não sendo politicamente correta, porém os indígenas tem escolas e universidades separadas.É algo que está dando certo.

Não creio que esse o modelo deva ser permanente, mas os fatos nos levam para isso.
Segundo o IBGE, hoje os indígenas no Brasil são 0,2 % e o numero destes na universidade é 0,8%. Por outro lado, os negros são 47,3 % na sociedade, e só ocupam 24,1% da universidade. Percentualmente, o modelo indígena forma mais pessoas na universidade.

Este modelo conta com um grande diferencial, as crianças são criadas com seus iguais. São ensinadas por professores de sua etnia e isso é comprovado que melhora o desempenho. Elas aprendem história, biologia, religião e cultura, educação sexual e geografia com ênfase em suas tradições, costumes e origens.Não sofrem preconceitos do tipo que vemos no vídeo.

Por esta razão, mesmo não sendo politicamente correto, eu penso que esse modelo deve ser levados em consideração. Seja para construir uma escola 100% negra, seja para incluir socialmente o negro, no modelo branco que é imposto a nossas crianças.

Na hora da avaliação, ela colocará todo o seu potencial para fora. Seu desempenho escolar será o máximo. Na hora da prova, ela nunca mais dirá: "Deu um branco".

Acredito que à partir deste momento, a criança negra entenderá, porque alguns brancos dentro da sociedade, se comportam como chimpanzés, no sentido primata da irracionalidade.

Abraços negros fraternos

Luiz de Jesus®

domingo, 2 de agosto de 2009

Meu Pai... Meu Herói (Luiz de Jesus)



Pai...,
Não quero um poema difícil
Para dizer o quanto, eu te amo
Escrever meu amor é impossível
E palavras bonitas, não são os meus planos

Quero simplesmente agradecê-lo
Com palavras de criança
Simples, mas sinceras
E que com certeza, levará na lembrança

Obrigado por me amar com amor
Por me dar carinho e calor
Por encurtar a distância
Por marcar minha infância
Com ética e valor

Obrigado pelos conselhos
Por ser meu espelho
Onde posso refletir sua imagem
De um homem honesto
De fé e coragem

Obrigado por não deixar o divórcio
Criar um pretexto, um negócio
Para me afastar de você
Obrigado pelo amor e pela compreensão
Pelo carinho, pela amizade
Que supera qualquer pensão

Sou grato por me assumir
Antes mesmo de eu nascer
Hoje eu assumo que te amo
E esse amor, jamais irá morrer

Te agradeço pelas broncas
Pelas palmadas no bumbum
Quem corrige é porque ama
E o amor não deixa, rancor nenhum

Obrigado por estar ao meu lado
Nos momentos, que eu mais precisei
Encontrei em você, um herói, um amigo
E disso, eu jamais me esquecerei

Pai, meu amor por ti é para sempre
Como eterno é o nosso Deus
Mas quero que se lembre
Haverá um tempo, de dizermos adeus

Não ficaremos tristes, né Pai?
Pois sabemos, que nos veremos de novo
É como nossa brincadeira
Quem chegar primeiro, espera o outro

Parabéns á todos os pais!

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Michael Jackson - Um gênio

Hoje eu fiquei triste ao saber da morte de Michael Jackson. Com certeza a minha tristeza se uniu a de milhares de pessoas do planeta. Pôxa... eu cresci ouvindo o cara e a sua dança marcou muito a minha infância. Era uma das poucas referências negras da época. Na minha adolescência eu até arriscava alguns passos e coreografia na escola e nas festas de aniversário. Apagou a estrela do palco da música pop.

Não quero aqui falar do Michael Jackson das cirurgias plásticas, do clareamento de pele, dos escândalos, e sim, do cantor que influenciou a minha geração. É essa a minha intenção ao postar estes vídeos, que aliás, foi a única música que aprendi a solar no violão e a coreografia que eu achei mais show.

Mas para aqueles que entendem que os episódios pessoais, desqualificam a sua trajetória e o seu talento musical, convido a ouvir o que ele disse em uma entrevista com a apresentadora a Oprah Winfrey:

"Eu sou afro americano, tenho orgulho de ser afro americano! Tenho orgulho da minha cor. Tenho orgulho de ser negro."

Neste link vocês podem baixar a entrevista com a Oprah, além do Michael Jackson falar sobre o clareamento da sua pele, vai ouví-lo falar também sobre muitas outras coisas interessantes ,vale a pena conferir!
http://www.4shared.com/dir/3072549/2ea79bce/sharing.html

Abraços fraternais

video
video

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Manual de Preservação da Espécie


Como segundo a jornalista, as mulheres estão desaparecendo aos poucos, a tradicional consciência ecológica do Diário da Tribo a fez lançar uma campanha de preservação muito mais importante que a do mico-leão-dourado, do tubarão branco ou da baleia azul.

Salvem as Mulheres!

Participe preservando a sua!

O desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana. Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha 'Salvem as Mulheres!'. Tomem aqui os meus parcos conhecimentos em fisiologia da feminilidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:

Habitat
Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Se for engaiolada, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que as prenda e as que se submetem à jaula perdem o seu DNA.
Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente..

Alimentação correta
Ninguém vive de vento. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro. Beijos matinais e um 'eu te amo' no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não a deixe desidratar. Flores também fazem parte de seu cardápio. Mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial. Música ambiente e um espumante num quarto de hotel são muito bem digeridos e ainda incentivam o acasalamento o que, além de preservar a espécie, facilitam a sua procriação.

Respeite a natureza

Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia, discutir a relação... Se quiser viver com uma mulher, prepare-se para isso. Não tolha a sua vaidade. É da mulher hidratar as mechas, pintar as unhas, passar batom, gastar o dia inteiro no salão de beleza, colecionar brincos, comprar sapatos, ficar horas escolhendo roupas no shopping. Só não incentive muito estes últimos pontos ou você criará um monstro consumista.

Cérebro feminino não é um mito.
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente o aposentaram!). Então, agüente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração.
Se você se cansou de colecionar bibelôs, tente se relacionar com uma mulher. Algumas vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja dessas, aprenda com elas e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

Não faça sombra sobre ela
Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um fora. Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.

Salvem as mulheres!

Uma campanha do Diário da Tribo sem o apoio do Greenpeace nem do WWF.


Autor desconhecido por mim.

sábado, 9 de maio de 2009

Recordações (Poesia)



Olho no espelho, e contemplo a sua imagem
O meu rosto, tem os teus traços
No meu coração, tem impressa uma mensagem
Que foi escrita, com beijos e abraços

Mensagem de amor
Que o tempo não pode apagar
São doces recordações
Que em meu coração, presente sempre estará

Recordo-me do tempo
De quando era criança
Carrego em meu pensamento
Doces presentes lembranças

Do seio que me sustentava
À mamadeira e o mingau
Do berço que me embalava
Ao balanço no nosso quintal

Lembro do colo que me dava
Do afago e do carinho
Lembro-me de quando eu engatinhava
Até dos meus primeiros passinhos

Como não poderia recordar
Da infância tão peralta
Lembrança que me faz se alegrar
Infância que hoje eu sinto falta

Recordo-me do "prézinho"
Que nos separou pela primeira vez
Foi tão difícil, ficar ali sozinho
Assim como será toda vez

Fostes a minha primeira professora
Meu primeiro super-herói
Minha primeira médica
Que cuidava do meu dodói

Recordo também das palmadas
E das chineladas no bumbum
Mas quem corrige é porque ama
E o amor não deixa rancor nenhum

Sei que muitas vezes esteve sozinha
Mas não deixou se abater
Na sua solidão, me fazia companhia
Para que eu, não viesse a sofrer

Entre milhões de sementes
Fui eu mãe, que Deus quis que germinasse
Sou bendito fruto do teu ventre
Aqui estou, porque um dia me aceitaste

Seu ventre foi o meu primeiro mundo
Meu universo de amor
E num sentimento profundo
Lembro de ti, com muito louvor

A velha e amarelada fotografia
Hoje me transporta ao passado
Traz-me momentos de alegria
E de tristeza, por não estar ao meu lado

Passa o tempo que passar
Ainda que sua história eu resuma
Irei sempre de ti recordar
Pois mãe nesta vida... Só se tem apenas uma



Dedico esta poesia, a todos os filhos que hoje não tem a mãe presente para homenagear. Meu desejo que por meio dela, a lembrança traga doces recordações,que o tempo jamais irá apagar.




Em especial a minha amiga Cris, Wagner e ao meu mano Carlinhos.

MÃE (Poesia)


Mãe... Como te definir?
Se vejo em você, qualidades sem fim?
Não encontro palavras, que possam expressar
A importância de uma Mãe, no convívio de um lar
Mãe que gera, que nove meses espera
Muitas vezes sozinha, com o amor tudo suporta, tudo supera
Mãe que nos transporta, dentro do seu glorioso ventre
Um feto com afeto, com um amor transcendente

Mãe que gera, dentro do seu coração
Doando a sua vida, dando uma família ao órfão
Mãe, modelo sublime de amor
Fonte de carinho, inspiração de louvor

Mãe que retêm o tempo, não deixa o seu filho crescer
Não importa a idade, sempre será seu bebê
Mãe que me ensina, o caminho que devo andar
E hoje na vida adulta, posso então lhe homenagear

Mãe, sinônimo de vida, sinônimo de glória
Mães que se foram, mais marcaram a história
Mãe que há dois mil anos atrás, nos deixou sua herança
Nasceu Jesus Cristo, Nossa Real e Viva Esperança

Parabéns Mamães!

Mãe Coragem (Luiz de Jesus)


Ser mãe...
Não é apenas gerar um filho
É com fome, poder amamentar
É saber que mesmo sem auxílio
Pode fazer da dor, um sorriso brotar

Ser mãe...
É crescer menina
É ver a vida, a forjando mulher
É no embate da vida, carregar a triste sina
De ser frágil, inferior e ralé

Ser mãe...Às vezes é preciso ser “macho”
Por faltar um homem ao lado
Por não permitir ser capacho
É sustentar sua prole, com fibra e bom grado

Ser mãe...
É ter por sobrenome amor
É ter ventre de ouro
É passar meses gerando e na hora da dor
Trazer ao mundo, seu precioso tesouro

Ser mãe...
É ser como Sara, esposa de Abraão
Nunca perder a esperança
Ignorando os limites, que trazia em seu coração
Aos 90 anos, pode abraçar sua herança

Ser mãe...
É ser como Ana, mulher estéril
Na humilhação, orou ao Deus do céu
Pois Ele é um Pai, que leva os filhos a sério
Respondeu o seu clamor, com o pequeno Samuel

Ser mãe...
É ser como Maria, mulher cheia do Espírito
Enfrentou os preconceitos, com dignidade
Superou questionamentos e conflitos
Pois no seu ventre, gerava a Verdade

Ser mãe...
É ser solteira talvez
Mas jamais solitária
Se viúva, não viverá na viuvez
Pois há um Deus, que jamais a desampara

Ser mãe...
É ser chamada de madrasta
É chamar a responsabilidade pra si
É amparar o filho, que o divórcio afasta
É saber dar amor, é saber repartir

Mãe...
Ainda que hoje, não estejas presente
Eu sou prova, de que um dia você existiu
Sua lembrança é tão comovente
Sou filho deste colo, Oh, mãe gentil

Mãe...
Embora tirada de uma costela
É uma coluna dentro do lar
Entre todas, pra mim és a mais bela
Pra sempre eu hei de te amar

Mãe...
Que tento definir nesta mensagem
É uma tarefa árdua, eu confesso
Traz como título, “Mãe coragem”
Mas a mãe que tenho, não se contém nestes meus versos

Mãe...
Ainda que da vida você apanhe
Jamais perca a sua fé
Saiba que nem toda mulher é mãe
Mas que toda mãe, será sempre uma grande mulher

Parabéns, Dona Ana... Parabéns Patty... Parabéns Dona Sônia!

Parabéns a todas as Mamães!

Luiz de Jesus®

sábado, 28 de março de 2009

As feridas que ninguém vê (Luiz de Jesus)

Pai, estou ferido e tão só,
Pessoas passam por mim, e me veem com o rosto no pó.
Choro noite e dia, diante da Tua presença,
Pedindo que julgues a minha causa, e para meu inimigo dê logo a sentença.

Quantas lágrimas, tenho eu derramado?
Tantas perguntas, sem nenhuma resposta.
Será assim até o final dos meus dias?
Onde está o Teu poder, que a Bíblia me mostra?

Quem Pai, poderá entender o que eu sinto?
Se eu compartilhar com o homem, esse pensará que eu minto.
Sinto em minha pele, a opressão do meu inimigo,
Mas a Tua Palavra me conforta, ao dizer-me, que Tu estás sempre comigo.
Contigo eu sei que posso, abrir o meu peito
Me quebrantar e rasgar meu coração
Como teu filho, Tu me deu esse direito
Dos meus lábios, não ouvirá murmuração

Pai, estou confuso e sem direção
Temo pecar contra Ti, pelo amor do Teu nome
Me respondas então...

Filho, não sou eu Teu Deus, Teu Pai e Amigo?
Porventura, prevaleceria contra um filho meu, o inimigo?
Ah! filho meu, se tu pudesse tão somente contemplar,
O amor que tenho eu por ti, estaria tu somente a me louvar.

Veja Jó, Daniel e os três da fornalha,
Paulo, Pedro, em que momento o meu poder falha?
Não filho meu, não falho, nem jamais falharei
Eu Sou o socorro presente, e o seu socorro eu sempre serei

O meu amor é a resposta, para a sua aflição
Levanta-te, coragem, eis que eu já pus a vitória em suas mãos
Abre a tua boca e clama, como clamou o povo em Jericó
E verá caída as muralhas, que o inimigo levantou ao seu redor

Eis que é o Deus eterno que fala contigo, clame em nome do meu filho Jesus
Pois até no Vale da Sombra da Morte, encontrará grande Luz
Tu és minha habitação filho meu, em ti fiz morada permanente
Te deixo a minha paz filhinho, não temas, crê tu somente




" O coração do homem,

é um terreno onde só Deus pisa."


[Luiz de Jesus®]

domingo, 8 de março de 2009

Mulher de Deus (Luiz de Jesus)


 A Mulher de Deus... é aquela que ora Joelhos no chão, rosto no pó, clama e chora
A Mulher de Deus... não vacila os seus pés
Passa lutas,passa provas, mas vence todas pela fé

A Mulher de Deus... tem um chamado em sua vida
Anda na presença de Deus, e sua vitória é garantida
A Mulher de Deus... é um vaso em suas mãos
Por onde ela passa, deixa um rastro de bençãos

A Mulher de Deus... é uma jóia tão preciosa quanto o ouro
Bem aventurado o homem, que encontra esse raro tesouro
A Mulher de Deus... reflete a sua beleza interior
Bela por dentro e por fora, fluindo sempre no amor

A Mulher de Deus... Clama noite e dia Intercede pela sua família
Se posiciona na torre de vigia
Faz campanha, faz vigílias
Buscando a face do seu Deus

A Mulher de Deus... é diferente da mulher de Acabe
É submissa como Sara, determinada como Rute e fiel como Raabe
A Mulher de Deus... é mulher de garra e coragem
Criada por Deus, em semelhança e imagem

A Mulher de Deus... possui um caráter irrepreensível
Anda sempre pela fé, não vive pelo que é visível
A Mulher de Deus... jamais se sente inferior
Pois sabe que diante de Deus, o quão grande é o seu valor

A Mulher de Deus... por mais que ela cresça
O poder e a vaidade, não faz a sua cabeça
Mulher de Deus... onde você estará?
Escondida em um poema, onde o poeta, insiste em lhe revelar.

"Enganosa é a graça e passageira a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada". Prov. 31:30

Mulher (Luiz de Jesus)


Mulher... Criação maravilhosa
 Única, rara e preciosa
Atrás de um meigo olhar
Esconde grandes mistérios

Mulher... Que leva a vida a sério
Ditando os critérios
Que a fazem enaltecer

Mulher... Primeira e única, de nome Eva
Me ama, me leva
Até aonde eu puder, te descobrir
Seja na essência, seja na beleza
Da plebe á realeza

Mulher... Me faz contigo reinar
Pois só você pode completar
Esse ser chamado: HOMEM

"Se não houvesse a mulher, a espécie se extinguiria,
mas Deus lhe deu o mister, de ser mãe com ousadia".

domingo, 1 de março de 2009

Ser crente


Quero ser um crente diferente. Que não seja alienado da vida e de seus acontecimentos. Que saiba discutir e entender as questões existenciais, como a dor, a miséria, a sexualidade, a paixão, o amor. Quero ser um crente que não vive acuado, com medo de tudo, vendo o diabo em toda a parte e querendo amarrá-lo a todo momento: Jesus Cristo o derrotou na cruz, ele é um derrotado, e eu não preciso ficar me preocupando com ele 24 horas por dia. Quero ser um crente que saiba falar de tudo e não apenas de religião, e que tenha, em todas as áreas, discernimento e sabedoria. Quero ser um crente que não tenha uma atitude conformista diante do mundo, do tipo: 'Ah, Deus quis assim....', mas que eu seja um agente de transformação nas mãos de Deus. Que a minha diferença não esteja na roupa, mas na essência: coração bom, olhos bons. Quero ser um crente que cria os filhos com liberdade, apenas corrigindo-lhes, para que cresçam e desabrochem toda a criatividade que Deus lhes deu. Quero ser um crente que vive bem com o seu próximo. Quero ser reconhecido como um crente pelo que eu "sou" e não por aquilo que "não faço". Quero ser um crente simpático aos outros, agradável, piedoso, que se entristece com a dor do próximo, mas também se alegra com o seu sucesso (já reparou que as pessoas se solidarizam com nossas derrotas, mas poucos manifestam alegria quando vencemos?). Não quero ter de falar a todo momento que sou crente, para que outros saibam, mas quero viver de tal modo que outros percebam Cristo em mim." Autor desconhecido por mim.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Ser Criança (Luiz de Jesus)


Ser criança é...
Não levar a vida á sério
É desvendar o mistério
Que está atrás do por quê?
Ser criança é...
Ser ingênua para o mal
Acreditar que o seu sonho é real
Ainda que o mundo, insista em lhe acordar
Ser criança é...Viver um conto de fada
Poder sentir-se amada
Em um mundo surreal
Ser criança é...
Ser sincera e transparente
Falar aquilo que sente
Independente se vai agradar
Ser criança é...
Gostar de brinquedos
É chorar, é ter medo
De um dia adulto se tornar
Ser criança é...
Fazer parte de um estatuto
Criado por vários adultos
Que lhe roubam o direito de ser
Ser criança é...
Acreditar no que o político lhe diz
Que ela é o futuro desse país
Que insiste em lhe abandonar
Ser criança é...
Sorrir; para quem ao mundo a trouxe
Chorar; quando roubam seus doces
Doce sonho, doce ilusão, doce esperança
Sou criança...


Jesus disse:

“Deixai as criancinhas, e não as impeçais de vir a mim, pois das tais é o reino dos céus”. Mateus 19:14


“Que jamais deixemos morrer a criança, que existe dentro de cada um de nós”.

Pequeno grande homem (Poesia de Luiz de Jesus)


Homem de pequena estatura
Poderia chamar-se Zaqueu
Mas Deus lá das alturas
Escolhe Elias, para ser um servo Seu
Desde de menino
Gostava de ser pregador
E no grupo das ovelhinhas
Gostava de Louvar ao Senhor
O tempo foi passando
Elias foi crescendo
Não no tamanho...
Mas na graça e no conhecimento
Como todo adolescente
Elias teve seus embaraços
E de uma forma bem inocente
Não vigiou e caiu em um laço
Firmes nas promessas
Elias não conseguiu ficar
E o diabo com muita pressa
Convidou Elias para passear
Neste rolê infernal
Elias ficou encantado
Perdeu a noção do bem e do mal
E caiu nas garras do pecado
Bailes, drogas e bebidas
Elias era só alegria
O diabo cirandava sua vida
E o cercava de más companhias
Havia um plano no inferno
Para destruir o jovem Elias
Mas havia também um plano eterno
Que mudaria todos os teus dias
No inferno, tudo já estava preparado
Para receber a sua alma
O plano já estava traçado
Era só uma questão de calma
Local: Artur Nogueira
Cidade do interior
Elias andando na cegueira
Caminhava rumo a encruzilhada da dor
Elias é levado ao matadouro
Onde é baleado sem dó
Ao som de vários estouros
Elias vai voltando ao pó
Sua vida passa como num flash
A voz do inferno lhe chama
O seu corpo ainda se mexe
Elias nessa hora a Deus ele clama
Deus estende o Teu braço forte
E resgata pra Si o Teu escolhido
A Tua misericórdia frusta a morte
Deus tem promessas para o Teu ungido
Assim Diz o Senhor para ti Elias:
-Onze tiros te deram
Fui Eu o Teu escudo
Na angústia clamastes a mim
Eu Sou o Deus que sempre te ajudo
Eu quebro o vaso
E faço de novo pra poder usar
Sou Eu que te chamo
Meu nome é Deus Jeová
Muitas pedras te atiraram
Mas elas feriram a mim
Onde estão os que te acusaram?
Muitos não estão mais aqui
Eu te levantei
Me lembrei das tuas vigílias
Eu te restaurei
E também a sua família
Te plantei em uma terra
De um solo diferente
Seu opróbrio aqui se encerra
Para que o meu povo, você alimente
Olha vaso...
O que hoje Eu faço na tua vida
É apenas uma pequena nuvem
Comparada com a chuva de bençãos
Que estou prestes a derramar
Ande na minha presença
Não na frente e nem atrás
Sou Eu contigo Elias
Não temas! Te deixo a minha Paz!

Um homem chamado Elias
Essa poesia foi uma homenagem que eu fiz no dia do seu aniversário no ano de 2007. Sei que ela alegrou muito o coração dele naquele dia. Então deixo ela aqui nesse blog, para sempre lembrar da memória de um homem de Deus, que teve uma trajetória que marcou muitas vidas, entre todas, a minha. Infelizmente como homens somos limitados, mas mesmo na minha limitação, espero que de alguma forma, eu possa se não aliviado, pelo menos amenizado a sua dor, seja por palavra, por obra ou oração. Que o Deus de toda consolação, console toda a família. Paz!

Ressurreição (Luiz de Jesus)


Tudo parecia ter acabado,
A esperança de Israel, havia morrido
O Salvador foi sepultado
Enterrado foi o sonho dos remidos
Maria tenta dormir, mas o sono não vem
Lágrimas molham o seu rosto, seu choro ecoa por Jerusalém
Nele esperavam os seus pais,
Abraão, Isaque e Jacó
O Desejado das nações, agora também se tornaria pó
Quantas dúvidas pairam, no coração de Maria
Ao lembrar das profecias, de Daniel, Miquéias e Isaías
Aquele que a libertou, do poder de sete demônios
Agora estava morto, e também mortos estavam os seus sonhos
Já é madrugada de domingo, Maria sem sono se levanta
Caminha rumo ao sepulcro, de repente algo a espanta
A pedra do sepulcro, havia sido revolvida
Seu Senhor não estava lá, para a sua última despedida
Maria corre e avisa Simão Pedro, e o discípulo a quem Jesus amava Dizendo:
-Tiraram do sepulcro o Senhor, e de tristeza ela chorava
Os discípulos correram e conferiram, o relato de Maria
No sepulcro só lençóis, mas corpo não havia
Os discípulos cheios de tristeza, para casa voltavam
Vendo que estava tudo acabado, e nada mais lhes restavam
Mas Maria à porta do sepulcro, ali ficou em pranto
E de repente ao olhar para dentro, viu dois anjos vestidos de branco
E os anjos então lhe perguntaram: "Mulher, por que choras?"
Ela respondeu: "Levaram o meu Senhor, e não achei até agora!"
E os anjos lhe dão um novo motivo, para enfim o seu choro cessar
Em coro indagam Maria: "Por que buscais entre os mortos, Aquele que Vivo está?"

Paixão de Cristo (Luiz de Jesus)


Oh, Cristo amado!
Quanto sofrimento, quanta dor
Suportastes as afrontas calado
Através do Seu mui infinito amor
Oh, Cristo amado!
Este mundo não era digno
De tão imensurável amor
Mundo que rejeita a Paz
Que promove a guerra, o ódio e o rancor
Chicotadas, cusparadas
Escárnios e zombarias
Assim te trataram, oh, meu Cristo!
Quem tal preço pagaria?
Fostes traído, abandonado
Por quem comia Contigo
Mas demonstraste o dom do perdão
Chamando o traidor de amigo
Oh, Cristo amado!
Que amor sublime é esse?
Me ensina a amar assim
Amar sem interesse
Amar quem não gosta de mim
Coroado fostes, pela vil coroa de espinhos
Levando nos ombros, a rude e pesada cruz
Por um longo e doloroso caminho
Cruz que era minha,
Cujo peso se fazia dos meus pecados
Mas suportastes tudo por mim
Fostes ferido, Seu sangue por mim foi derramado
Oh, Cristo amado!
Há quem se revolta, pelo Seu sofrimento
Fica a procura de um culpado
Pelo Seu injusto julgamento
Há quem diga serem os Romanos
Outros afirmam serem os Judeus
Mas que ledo engano
Quem O crucificou fui eu
Sim, humanidade!
Eu crucifiquei o Cristo!!!
Através dos meus muitos pecados
Mas graças ao Seu sofrimento,
Hoje sou inocente e não mais culpado
Foi por mim, que ele suportou a rude cruz
Para derramar nas minhas trevas
Sua gloriosa e divina luz
Obrigado, meu Cristo!
Por tão grande amor
Sou apaixonado por Ti
Pois Tua Paixão, na cruz me conquistou
Quero servir-te, Oh, Cristo amado!
Por todos os meus dias
Como servo deste eterno e sublime amor
Amor que eu sei que não o mereço
Mesmo sendo pela Graça, não foi de graça
Pois na cruz, pagastes um alto preço
Oh, Cristo amado!
Te agradeço por tão grande redenção
Faço desta poesia, um salmo de louvor
Que traz versos, permeados de amor
Que reflete por Ti, a minha gratidão

Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. (Romanos 5:8)

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Espelho (Luiz de Jesus)


Encontrei-me com alguém
Que me aceita como eu sou
Me ama, me entende
Sabendo o que se passa, no meu interior

Não me julga na aparência
Não me olha com cobranças
É humano como eu
De me amar, nunca se cansa

Conhece as minhas falhas
E também minhas virtudes
Os meus erros ele perdoa
Com sincera atitude

Quando eu estou pra baixo
Ele me traz pra cima
Nos momentos mais difíceis
Me eleva a autoestima

Quando eu choro, ele chora
Se estou feliz, ele sorri
Um amigo companheiro
Minha razão de prosseguir

Quantas vezes já pensei
Da vida desistir
Abandonar meus sonhos
Meu castelo destruir

Mas você me deu forças
Você me deu coragem
Desembaçou minha visão
Resgatou a minha imagem

Hoje contigo eu aprendi
E sigo o seu conselho
Para ser amado e ser aceito
Se começa,... olhando no espelho

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Yes, We Can

Yes, We Can

Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Mas há também quem diga nem todas, Só as de verão...Mas no fundo isso não tem muita importância. O que interessa mesmo não são as noites em si, São os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre. Em todos os lugares, Em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado. Shakespeare

Trabalho feito para a EMPIRE.

Texto: Luiz de Jesus
Filmagem e Edição: Isaque Alves
Narração: Diomar
Participação especial: Cássia de Jesus, Valdir Almeida, Daniel Fogos e Déborah Nascimento.


video

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

A Cobertura (Luiz de Jesus)


Oh! Meu Deus!
Como entender Teus propósitos?
Quem alcançará Teus pensamentos?
Mesmo assim, guardarei o meu depósito
Pois em Ti, sempre haverá livramento

Se mil vidas eu tivesse, para os deleites meus
Se não fosse em Tua presença, seria mera vaidade
Optaria em perdê-las, na Casa do meu Deus
Do que vivê-las, na tendas da perversidade

Nosso templo não é de concreto,
Nossa estrutura não é de metal
Nossa fé está debaixo de um teto
Onde a cobertura é espiritual

Vidas que renasceram
Os escombros não podem matar
Histórias que foram escritas na glória
Viveram tempos de honra e vitória
Hoje voltaram pro lar

Nada pode abalar, a igreja apostólica
Onde o firme fundamento é Cristo
Não tememos notícia diabólica
Pois vivemos a Verdade, que é Jesus Cristo

Preciosa é aos olhos do SENHOR a morte dos seus santos” (Salmos 116:16)

Dedico essa poesia a todos os irmão em Cristo, amigos e familiares das vítimas, do episódio ocorrido na sede da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, no dia 18 de Janeiro de 2009.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Ausência (Crônica de Luiz de Jesus)


Papai....Hoje é comemorado o seu dia; “Dia dos Pais”. Estou sentindo muito a sua falta, pois o tempo vai passando e eu passo o tempo a te esperar. Há uma pergunta que me acompanha ao longo da minha infância...Onde estás papai? Lembro-me que ainda dentro da barriga da mamãe, quando ouvia a tua voz, queria logo sair e estar em teus braços. Pois as suas promessas de me levar para jogar bola com você, me chamavam para a vida. Em determinado momento, percebi que você não falou mais comigo, a sua voz sumiu. Até a mamãe parou de cantar para mim. Fiquei triste dentro daquela bolsa que me aquecia, mas não eram tão quentes quanto as suas palavras de carinho. Quando eu nasci, vi o lindo sorriso estampado no rosto da mamãe. Conheci aquela que sempre conversava comigo. Mamãe olhava para mim, ria e chorava. Como mamãe estava linda! Mas a enfermeira me levou para o berçário, antes de eu ver você papai. Não dormi aquela noite, fiquei de vigília a te esperar. Muitas pessoas foram me ver, mas nenhuma delas era você, pois eu conhecia a sua voz. Perguntava a mim mesmo; cadê aquela voz? Voz que me chamava de tesouro, de campeão. Voz que fazia tantos planos para nos divertirmos. Cadê você papai? Muito tempo se passou, e hoje quando eu pergunto a mamãe onde está você, ela me diz que você vai aparecer, isso já é bom, pois isso me faz saber que realmente você existe. Sabe como eu te imagino papai? Como um Super-herói! Um herói que está lutando contra grandes vilões, e depois de derrotá-los, virá me ver e me levar para passear. Sei que você papai, irá conseguir derrotar o vilão chamado orgulho, apesar dele ser um forte adversário. Mas depois de vencê-lo, deverá também vencer uma outra adversária...A culpa. Pois ela conhece o seu ponto fraco, que é a sua consciência. Papai... usa os seus superpoderes, para apagar as cicatrizes que a sua ausência deixou em mim! Ouço constantemente a mamãe falar em divórcio. Não sei o que é, mas desconfio que seja uma arma com um enorme poder de destruição, pois ela destruiu a alegria e a saúde da mamãe e nunca mais fomos uma família. Volta papai! Vem me ver, preciso te conhecer. Sabe papai, tenho um amiguinho na escola que diz que seu pai foi morar no céu. Se no céu tem pai, será que não teria um para mim? Pai, a minha imaginação já não consegue mais, ignorar sua ausência. Acho que o meu herói morreu e junto matou a minha esperança. O meu sonho de criança de um dia te conhecer, se tornou em um pesadelo sem fim. A mamãe insiste em criar estórias, aonde você continua como um herói. Mas hoje, depois de todos estes anos, fiz a triste descoberta...O meu herói morreu. A arma do divórcio matou meu herói, por não ter usado o escudo do amor.


“Mais triste e dolorido do que perder um pai, É aquele que não tem um pai para perder, Onde a dor da ausência, daquele cuja falta, o tempo Não pode preencher”. Luiz de Jesus®


“Pode uma mãe, abandonar o seu filho que ainda amamenta, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei”. Ass: Deus, o Pai Eterno. Isaias 49:15-16